VTs de União dos Palmares são as primeiras colocadas no cumprimento das metas

  • 0

VTs de União dos Palmares são as primeiras colocadas no cumprimento das metas

Category : Noticias

No último dia 27 de outubro, a equipe da Corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL) realizou audiências públicas de correições ordinárias na 1ª e 2ª Varas do Trabalho de União dos Palmares. As audiências foram conduzidas pelo presidente do TRT/AL, desembargador Pedro Inácio da Silva. As duas unidades obtiveram os melhores desempenhos em relação ao cumprimento das metas estabelecidas pelo Plano Estratégico da Justiça do Trabalho. A 1ª VT confirmou o primeiro lugar no índice de alcance das metas, pontuando integralmente em todas as sete estipuladas, com escore de 51 pontos, que é o máximo possível.

Já a 2ª VT, que alcançou a segunda colocação, registrou 46 pontos, obteve pontuação máxima em cinco metas e, parcialmente, em duas. A 1ª VT registrou maior quantidade de processos solucionados em relação aos recebidos, o que colaborou para o alcance do Índice de Processos Julgados (IPJ ) no patamar acima de 120% – o 5º melhor do Regional. A Taxa de Congestionamento da Pauta, de 12%, foi melhor que as médias do Regional e das Varas do interior, que foram de 26% e 18%, respectivamente.

A Taxa de Conciliação foi de 46,1%, ligeiramente acima dos 45% estabelecidos pelo CNJ como satisfatórios. Observou-se, também, o percentual de 72% de prolação de sentenças líquidas, sendo que o juiz titular solucionou cerca de 80% dos processos. Os prazos médios de Secretaria também foram considerados satisfatórios, incluindo os do Oficial de Justiça. O Índice de Execução (IE) apresentou-se acima de 110%, ficando em sexto lugar na Região.

O juiz Luiz Carlos Coutinho, titular da Unidade, ressaltou que a equipe veste a camisa, colabora e tem senso de responsabilidade. “Fiquei muito satisfeito ao receber o resultado, que é fruto do trabalho em equipe”, enfatizou.

2ª VT – Assim como a 1ª VT, a 2ª Unidade Trabalhista de União dos Palmares também registrou maior quantidade de processos solucionados em relação aos recebidos. Isso também colaborou para que o Índice de Processos Julgados (IPJ) ficasse acima de 100%. A Taxa de Congestionamento da Pauta, de 14%, também superou as médias do Regional e das Varas do interior.

A Taxa de Conciliação foi 45,2%. O percentual de prolação de sentenças líquidas alcançou 75,4% – e o juiz titular solucionou mais de 80% dos processos da Vara. Ainda merece destaque o registro do prazo médio, de 10 e 14 dias para prolação de decisões do rito sumaríssimo e ordinário, respectivamente.

A exemplo da 1ª VT, os Prazos Médios de Secretaria da 2ª Unidade Trabalhista foram considerados satisfatórios em sua imensa maioria , incluindo os do Oficial de Justiça. Já o Índice de Execução apresentou-se em torno de 120%, ficando em quinto lugar na Região. A Vara ostentou, ainda, a 8ª melhor taxa de congestionamento na execução.

O juiz titular da Unidade, Luiz Sávio de Lima Gazzanéo, agradeceu à equipe pelo bom desempenho alcançado. Segundo ele, algumas das metas que ainda não foram alcançadas, especialmente às referentes à execução, são dependentes da realidade econômica da Região, que, segundo ele, é de grande penúria em face à falência da maioria das usinas instaladas na região.


Leave a Reply

Buscar no portal

Agenda

outubro 2017
D S T Q Q S S
« jul    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031